Filmes e Séries Resenhas

Crítica | Destacamento Blood – O outro lado da Guerra do Vietnã

Em Destacamento Blood, o sempre brilhante diretor Spike Lee nos apresenta uma nova visão para a guerra do Vietnã, que continuamente é retratada nas telas de forma deturpada e de maneira a reforçar o apagamento racial. Não haveria momento melhor para esse filme, que estrearia em Cannes, mas que devido à pandemia chega ao Netflix apenas algumas semanas depois da explosão dos protestos Black Lives Matter em todo o mundo.

A história gira em torno de 4 amigos veteranos de guerra que voltam ao Vietnã com uma missão: a busca por reparação, que vem por meio do resgate de uma fortuna escondida desde os tempos de luta e também da busca pelo corpo do seu grande líder que morreu em batalha, representado pelo nosso querido Príncipe T’Challa (Chadwick Boseman).

Destacamento Blood', de Spike Lee, é perfeito para o momento atual ...

O filme apresenta duas narrativas paralelas para evidenciar tempos distintos. Para explicar as transições, Lee usou aquele recurso básico, que eu particularmente gosto muito, a visão 4×3, dessa vez, filmada em 15mm sempre que estamos vendo o passado. Técnica já conhecida do público para retratar dois tempos, bem comum nas séries do Sam Esmail (Mr. Robot e Homecoming).

Esse é um filme cheio de referências e críticas ao culto criado ao Vietnã pelo cinema de guerra. É possível perceber que muitas cenas são baseadas em Apocalypse Now, Rambo e outros filmes que falam sobre o tema, bem como a estética, que reflete sua abordagem mais teatral. Mesmo retratando o passado, as cenas de guerra são feitas com os mesmos atores da trama central, sem usar o recurso de rejuvenescimento, as batalhas são carregadas de um drama exagerado e mostram até mesmo o sangue plastificado.

Lee coloca uma lupa nas emoções e traumas de seus personagens, todos ricos, cheios de nuances. E que atuações! Com destaque para Delroy Lindo (Paul), que em seu “Oscar tape” entrega um monólogo de tirar o folego, falando diretamente com o espectador por meio da quebra da quarta parede. Muitas camadas são acessadas e é possível sentir as suas emoções e ver o quanto a sua saúde mental foi afetada pela guerra.

Destacamento Blood é uma obra contemporânea que discute não somente as questões políticas, raciais e o apagamento sofrido pelos soldados negros, mas também dá uma bela aula de história.

Netflix divulga pôster oficial de "Destacamento Blood"

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: