Filmes e Séries Karen Meira Listas

16 filmes incríveis em exibição na Mostra Internacional de Cinema

A 43 ° edição da Mostra Internacional de Cinema começou ontem (17), e exibirá cerca de 300 filmes inéditos com formatos, gêneros e países diferentes em 34 salas de diversas regiões de São Paulo. O evento vai até dia 30 de outubro, mas como nas outras edições, há uma semana extra de programação, conhecida como repescagem, que traz novas sessões. Em 2019, essa semana acontece entre os dias 31 de outubro e 7 de novembro. Ah para acessar a programação completa é só entrar no site oficial da Mostra.

Considerando a lista extensa de filmes e a dificuldade na hora de fazer uma programação , aqui vai uma seleção com filmes com horário e local de exibição, que você já pode incluir na sua agenda, as 16 produções abaixo foram reconhecidas em festivais como o de Cannes, Berlim, Sundance etc, além de inúmeros possíveis candidatos ao Oscar 2020, sem contar os longas nacionais. Confira:

1 – A Vida Invisível

Rio de Janeiro, 1950. Eurídice, de 18 anos, e Guida, de 20, são duas irmãs inseparáveis ​​que cresceram em uma família conservadora. Cada uma nutre um sonho: Eurídice quer se tornar uma renomada pianista, enquanto Guida deseja encontrar o amor verdadeiro. Em uma virada dramática, elas são separadas pelo pai e forçadas a viver distantes. As irmãs, então, assumem o controle de seus destinos, sem nunca perderem a esperança de se encontrar novamente.

HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO:
Sexta-feira, 18/10 – Theatro Municipal De São Paulo – 20:30

2 – O Estranho em Mim

Rebecca e Julian são um jovem casal apaixonado à espera do primeiro filho. O mundo deles parece perfeito quando Rebecca dá à luz um menino saudável. Mas ao invés do amor incondicional que esperava sentir, ela se vê imersa num redemoinho de sensações de impotência e desespero. O próprio filho parece um estranho. Com o passar dos dias, fica cada vez mais aparente sua inabilidade para cumprir com as obrigações maternas. Incapaz de admitir seus sentimentos para alguém, nem mesmo para Julian, ela desce ao fundo do poço, a ponto de perceber que está se tornando uma ameaça à criança. Depois de um ataque de nervos, Rebecca é mandada para uma clínica. Lentamente, ela começa a desejar o toque, o cheiro e a risada do filho. Vencedor do Prêmio do Júri na 32ª Mostra, em 2008.

HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO:
Sábado, 19/10 – Instituto Moreira Salles – Paulista – 16:40
Quarta-feira, 23/10 – MIS – Museu da Imagem e do Som – 19:30

3 – O Farol

No início do século 20, Thomas Wake trabalha como guardião de um farol. Ele contrata o jovem Ephraim como seu ajudante, mas o rapaz fica curioso em relação a segredos e a lugares privados no local —o que provoca estranhos fenômenos ao redor dos dois. Vencedor do Prêmio da Crítica da Quinzena dos Realizadores no Festival de Cannes.

HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO:
Terça-feira, 29/10 – Auditório Ibirapuera Oscar Niemeyer – 19:30

4 – Abe

Abe é um menino de 12 anos que tem pais de diferentes origens: a mãe é israelense e o pai é palestino. Embora sua casa tenha um clima harmonioso, Abe sofre com a pressão dos avós, de ambos os lados, que insistem que ele escolha logo entre ser judeu ou muçulmano. Ao explorar as ruas do Brooklyn, em Nova York, Abe conhece Chico, um chef de cozinha brasileiro que começa a ensiná-lo a cozinhar. Chico acredita que a gastronomia pode aproximar as pessoas –e Abe planeja uma enorme refeição no Dia de Ação de Graças, na esperança de unir sua família.

HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO:
Sábado, 19/10 – Theatro Municipal De São Paulo – 16:00
Domingo, 20/10 – CineSesc – 20:00
Domingo, 27/10 – CineArte 1 – 18:30

5 – O Paraíso Deve Ser Aqui

O diretor Elia Suleiman estrela seu próprio filme, uma saga cômica que investiga os significados do exílio e da busca por um lar. Palestino, Suleiman deixa seu país, à procura de uma nova vida. Mas aonde quer que ele vá, de Paris a Nova York, a Palestina parece segui-lo, pois algo sempre o faz lembrar de casa. Menção Especial no Festival de Cannes.

HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO:
Sexta-feira, 25/10 – Reserva Cultural – SALA 1 – 20:00
Sábado, 26/10 – Espaço Itaú de Cinema, Augusta Sala 1 – 21:20
Segunda-feira, 28/10 – Petra Belas Artes – 21:15
Terça-feira, 29/10 – CineArte 1 -16:15

6 – Wasp Network

Havana, dezembro de 1990. René González, um piloto cubano, rouba um avião e foge do país, deixando para trás a amada esposa e a filha. Ele começa uma nova vida em Miami, que logo é acompanhada por outros dissidentes cubanos, todos trabalhando para a desestabilização do regime de Fidel Castro. Adaptação do livro “Os Últimos Soldados da Guerra Fria”, de Fernando Morais

HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO:
Sexta-feira, 18/10 – CineArte 1 – 16:30
Domingo, 20/10- Espaço Itaú de Cinema, Frei Caneca 1 – 21:15
Sábado, 26/10 – CineSesc -21:15

7- Parasita

A família de Ki-taek é bastante unida, mas precisa conviver com o desemprego e com um futuro sombrio no horizonte. Seu filho Ki-woo é recomendado por um amigo, estudante de uma universidade de prestígio, para um trabalho bem remunerado como tutor, o que gera a esperança de uma renda regular. Carregando as expectativas de todos os familiares, Ki-woo vai à casa dos Park para uma entrevista. Na residência do sr. Park, dono de uma empresa global de TI, ele conhece Yeon-kyo, a linda e jovem sra. Park. Esse primeiro encontro entre as duas famílias dá início a uma sequência incontrolável de problemas. Vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes.

HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO:
Sexta-feira, 18/10 – Petra Belas Artes – 21:10
Sábado, 19/10 – CineArte 1 – 21:20
Domingo, 27/10 – Espaço Itaú de Cinema, Augusta Sala 1 – 21:15

8 – Chorão: Marginal Alado

Resultado de imagem para chorao marginal alado

Documentário sobre o cantor Chorão (1970-2013), vocalista da banda Charlie Brown Jr. Com depoimentos que englobam a vida particular e a trajetória profissional do cantor, imagens de acervo pessoal e da mídia, o filme percorre a história de um dos mais importantes astros do rock brasileiro.

HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO:
Terça-feira, 22/10 – Espaço Itaú de Cinema, Frei Caneca 2 -22:10
Quarta-feira, 23/10 – Espaço Itaú de Cinema, Frei Caneca 4 – 14:00
Domingo, 27/10 – Espaço Itaú de Cinema – Augusta Sala 1 – 17:40

9 – HoneyLand

Em uma vila isolada na Macedônia do Norte, Hatidze, uma mulher de 50 e poucos anos, cuida de uma colônia de abelhas. Um dia, uma família itinerante se instala ao lado, e o reino pacífico de Hatidze dá lugar a motores barulhentos, sete crianças e 150 vacas. No entanto, ela se anima com a vizinhança e passa a dividir seus conselhos sobre apicultura, sua afeição e seu conhaque especial. Porém, Hussein, o patriarca dessa família, toma uma série de decisões que podem destruir o modo de vida de Hatidze para sempre. Vencedor do Grande Prêmio do Júri da seção World Cinema de documentários no Festival de Sundance.

HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO:
Sábado, 19/10 – CineArte 1 – 14:30
Segunda-feira, 21/10 – CineSala – 17:45
Quarta-feira, 23/10 – CineSesc – 22:15
Sábado, 26/10 – Espaço Itaú de Cinema, Frei Caneca 1 – 20:15

10 – O Juízo

Augusto muda com a família para uma fazenda abandonada que herdou. A intenção é encontrar diamantes que ele acreditava existirem naquelas terras. Mas Augusto acaba seduzido pelo espírito de um traficante de diamantes, que está em busca de vingança há 200 anos.

HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO:
Quinta-feira, 24/10 – Espaço Itaú de Cinema 1 – 21:50
Sexta-feira, 25/10 – Espaço Itaú de Cinema , Frei Caneca 5 – 15:40
Domingo, 27/10 – CineArte 1 – 14:30

11 – Amazing Grace

O documentário revisita o álbum Amazing Grace, de Aretha Franklin. Em 1972, a cantora gravou com o coral Southern California Community na igreja New Temple Missionary Baptist Church, em Los Angeles. Foi um retorno às raízes, pois Aretha iniciou a carreira com a música gospel. Gravado em dois dias e ao vivo, Amazing Grace se tornou o disco gospel mais bem-sucedido de todos os tempos. O material que deu origem ao documentário foi filmado em 13 e 14 de janeiro de 1972, com uma equipe de filmagem, engenheiros de som e cinco câmeras de 16 mm, todas dirigidas por Sydney Pollack.

HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO:
Sábado, 19/10 – Cinemateca, Sala BNDES – 20:30
Segunda-feira, 21/10 – CineArte 1- 14:30
Terça-feira, 22/10 – CineSesc – 22:00
Quinta-feira, 24/10 – Petra Belas – 15:20
Terça-feira, 29/10 – Reserva Cultural, Sala 1 – 20:00

12 – O Relatório

Neste thriller político, o funcionário do Senado Daniel J. Jones descobre segredos chocantes sobre métodos de tortura ao liderar uma investigação sobre o Programa de Detenção e Interrogação da CIA após o 11 de Setembro.

HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO:
Sábado, 19/10 – Espaço Itaú de Cinema, Frei Caneca 1 – 13:30
Domingo, 20/10 – Reserva Cultural, Sala 1 – 22:00
Quarta-feira, 23/10 – Petra Belas Artes – 17:15
Sexta-feira, 25/10 – Espaço Itaú de Cinema, Augusta Sala 1 -14:00

13 – Synonyms

Yoav, um jovem israelense, chega a Paris esperando que a França e os franceses o salvem da loucura de seu país. Determinado a extinguir suas origens e se tornar francês, ele abandona a língua hebraica e se esforça de todas as maneiras para encontrar uma nova identidade. Vencedor do Urso de Ouro e do Prêmio da Crítica no Festival de Berlim.

HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO:
Sexta-feira, 25/10 – CineSesc – 22:00
Sábado, 26/10 – Espaço Itaú de Cinema, Frei Caneca 2 -21:20
Domingo, 27/10 – Espaço Itaú de Cinema, Frei Caneca 3 -19:15
Segunda-feira, 28/10 – Espaço Itaú de Cinema, Frei Caneca 1 – 19:20
Quarta-feira, 30/10 – CineArte 1 – 16:45

14 – A Grande Muralha Verde

O filme acompanha Inna Modja, cantora e ativista do Mali, em uma jornada épica pela Grande Muralha Verde da África —uma iniciativa ambiciosa para fazer crescer um “muro” de oito mil quilômetros de árvores que se estende por toda a largura do continente para restaurar a terra e fornecer um futuro para milhões de pessoas. Atravessando Senegal, Mali, Nigéria, Níger e Etiópia, Modja segue a florescente Grande Muralha Verde pela região do Sahel —um dos lugares mais vulneráveis ​​da Terra, onde as temperaturas estão subindo 1,5 vezes mais rápido que a média global—, revelando as graves consequências da degradação severa do solo e da aceleração da mudança climática. A muralha visa combater o aumento da desertificação, da seca, da escassez de recursos, da radicalização, dos conflitos e da migração.

HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO:
Domingo, 20/10 – Espaço Itaú de Cinema, Augusta Sala 1 – 22:00
Quarta-feira, 23/10 – Espaço Itaú de Cinema, Frei Caneca 1 – 15:20
Sexta-feira, 25/10 – CineSala 1 – 16:00
Terça-feira, 29/10 – CineArte 1 – 18:15

15 – Dois Papas

No filme, baseado em fatos, acompanhamos as mudanças drásticas no Vaticano. Anthony Hopkins e Jonathan Price interpretam, respectivamente, os papas Bento e Francisco. Apesar de suas diferentes visões de mundo —uma conservadora e outra liberal—, os dois precisam entrar em acordo para encontrar um novo caminho para a Igreja Católica.

HORÁRIOS DE EXIBIÇÃO:
Quarta-feira, 30/10 – Auditório Ibirapuera Oscar Niemeyer – 19:30

16 – Babenco – Alguém tem que ouvir o coração e dizer: Parou

Mostra Internacional

“Eu já vivi minha morte, agora só falta fazer um filme sobre ela”, disse o cineasta Hector Babenco a Bárbara Paz, ao perceber que não lhe restava muito tempo de vida. Ela aceitou a missão e realizou o último desejo do companheiro: ser protagonista da própria morte. Nesta imersão na vida do diretor, ele se desnuda, consciente, em situações íntimas e dolorosas. Revela medos e ansiedades, mas também memórias, reflexões e fabulações, num confronto entre o vigor intelectual e a fragilidade física que marcou sua vida. Do primeiro câncer, aos 38 anos de idade, até́ a morte, aos 70, Babenco fez do cinema remédio e alimento para continuar vivendo. Vencedor do prêmio de melhor documentário sobre cinema no Festival de Veneza.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: