Resenha: ‘A Cinco Passos de Você’, um clichê necessário

Se você gosta de um filme bem clichê desses que passam na sessão da tarde e assiste comendo brigadeiro com as suas melhores amigas, você não pode deixar de assistir “A cinco passos de você”. A história é sobre um romance entre dois jovens que tem uma doença chamada fibrose cística, os personagens Estella (Haley Lu Richardsons), Will (Cole Sprouse) e Pow (Moises Arias) são os protagonistas do longa, ambos passam por um tratamento experimental e precisam de um transplante, pois os pulmões deles não são saudáveis. Will é um pouco mais rebelde, ele não se cuida muito, não segue o tratamento direito, mas decide mudar quando se apaixona por Estella, que é uma menina extremamente dedicada, tem vários planos e segue a risca seu tratamento, junto com o amigo Pow que é bem brincalhão e apoia demais esse romance, eles vivem o tempo todo dentro do hospital, e vão se distraindo pelos corredores e se dedicando para não chegar tão próximos um dos outros, pois uma das regras do tratamento é manter seis passos de distancia de quem tem a mesma doença, pois existem bactérias que podem gerar uma infecção fatal, destaque também para como eles abordam a doença que não é tão comum e ajudam as pessoas a conhecerem mais sobre uma doença rara e de grande mortalidade.

O filme é praticamente todo dentro do hospital, lá eles vivem há muitos anos, tem tratamentos especiais e todos os funcionários os conhecem, eles tem total liberdade para fazerem o que quiserem desde que não agrida a saúde, algumas cenas são bem previsíveis, e também faz você imaginar milhões de possibilidades, mas acaba surpreendendo em algumas partes, o longa é bem dramático, um romance que faz chorar se tiver um coração mole, além de abordarem o assunto sobre a doença, eles vivem um “amor proibido”, o filme pode lembrar a história dos clássicos Romeo e Julieta e também de Hazel Grace e Augustus Waters de “A culpa é das estrelas”. Como todo filme adolescente algumas situações são bem marcantes, como o lago congelado, as luzes, os desenhos e é claro o estilo incrível dos personagens, eles são lindos e tem uma conexão ímpar.

Uma das personagens que amamos é a enfermeira Barb (Kimberly Hebert Gregory), ela se dedica para manter os apaixonados distantes para não prejudica-los, mesmo sendo bem mais difícil depois que eles se rebelam para poder viver esse grande amor, com isso já podemos imaginar esse desfecho. Embora a trilha sonora seja bem melodramática, o que ficou faltando no romance foi uma música bem elaborada pra ficar marcada como “a música do filme”. Agora imagine como é amar alguém e não poder tocá-lo, ficou curioso? pegue seu lenço, chame seus amigos e se prepare pra chorar muito com esse romance que nos faz pensar se o amor vale a pena mesmo ou nem tanto assim.

Trailer oficial do filme ” A cinco passos de você”

Por Cayque Schussler

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s